quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Batismo

Deus tem conselhos importantes sobre em que condições devem estar aqueles que desejam batizar-se.
É me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, ensinai todas as nações batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Amém." Mateus 28:18-20.

Inerente a este mandato está a clara instrução de que antes que uma pessoa seja batizada, esta deve estar preparada para ser um discípulo de Cristo. Em que momento então deveria ser batizado, quando começo a seguir a Jesus como meu Senhor e Salvador? Os textos seguintes e passagens da Bíblia e o espírito de profecia responderão a esta pergunta.

1.Quando eu estiver morto para o mundo: "Que diremos pois? Permaneceremos no pecado para que a graça abunde? De modo nenhum. Nós que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele? Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte? De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo ressuscitou dos mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida." Romanos 6:1-4.
O novo nascimento é uma experiência rara nesta época do mundo. Esta é a razão pela qual há tantas perplexidades nas igrejas. Muitos, muitíssimos, que pretendem ter o nome de Cristo não estão santificados, e são ímpios. Foram batizados, mas foram sepultados vivos. Não morreu o eu, e portanto não renasceram para uma nova vida em Cristo."
2. Quando estou vivendo uma vida de lealdade a Deus: "O batismo é a mais solene renúncia ao mundo. Pela profissão de fé que se faz, o eu morre para uma vida de pecado. As águas cobrem o candidato, e na presença de todo o universo celestial faz-se um compromisso mútuo. O homem é posto na sua tumba líquida e em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, sepultado com Cristo no batismo e levantado da água para viver a nova vida de lealdade a Deus." veja também Romanos 6:4-22.
3. Depois que os meus defeitos de caráter estão reformados: "Unicamente quando a igreja está composta de membros puros e abnegados, pode-se realizar o propósito que Deus tem para ela. Demasiada obra apressada se faz para acrescentar nomes à lista da igreja. Os que os aceitam dizem: 'primeiro os aceitaremos na igreja e depois os reformaremos.' Mas isto é um erro. A primeira obra que deve ser realizada é a obra da reforma. Orai com eles, falai com eles, mas não permitais que se unam ao povo de Deus como membro de igreja até que eles dêem uma decidida evidência de que o Espírito de Deus está trabalhando nos seus corações." Review and Herald, 21 de Maio de 1901; veja também Colossenses capítulos 2 e3.
4. Depois de me ter arrependido e confessado os meus pecados: "Alguns iniciam reuniões de reavivamento, trazendo assim muitos conversos para a igreja. Passada, porém, a excitação, onde estão os convertidos? Não se vêem arrependimento e confissões de pecados. O pecador é instado a crer em Cristo e a aceitá-lo, sem consideração quanto à sua vida passada de pecado e rebelião. O coração não é quebrantado. Não há contrição de alma. Os supostos conversos não caíram sobre a Rocha, Cristo Jesus. Mensagens Escolhidas, volume 2, 19. "Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado." Atos 2:38. "O arrependimento compreende a dor de ter cometido o pecado e o abandono do mesmo." O Caminho a Cristo, 23 "E eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados." Mateus 3:6.
5. Quando estou unido a Cristo: "Como desejaria poder impressionar todos acerca do perigo em que estão de perder o céu. Unir-se à igreja é uma coisa, e estar unido a Cristo é outra. Nem todos os nomes registrados nos livros da igreja estão registrados no livro da vida do Cordeiro. Muitos, ainda que aparentem ser crentes sinceros, não mantêm uma conexão viva com Cristo." Testimonies, volume 5, 278. .
Esta conexão com Cristo envolve o submergir da vontade humana à vontade divina: "Pode repetir-se o batismo uma e outra vez, mas em si mesmo não tem o poder de mudar o coração humano. O coração deve estar unido com o coração de Cristo, a vontade deve estar submergida em sua vontade, a mente deve chegar a ser uma com sua mente, os pensamentos devem ser reduzidos em cativeiro a ele."
" Um homem pode ser batizado, e o seu nome ser colocado nos registros da igreja, e não obstante o seu coração permanecer sem mudança alguma. As tendências hereditárias e cultivadas podem todavia fazer mal ao seu caráter... Aqueles que não têm uma conexão vivificante com Cristo podem estar em companheirismo com Cristo mediante aparências externas. Os seus nomes podem estar registrados nos livros da igreja, mas estes não são membros do seu corpo." Review and Herald, 18 de Setembro de 1900.
"Contemplem todos a perfeição que é seu privilégio alcançar, e façam a si próprios a pergunta: Está a minha vontade submetida à de Cristo? Podem ver-se a plenitude e a riqueza da Videira Viva - sua bondade, sua compaixão, sua misericórdia e seu amor - na minha vida e no meu caráter?" veja também João 15:1-10; Gálatas 3:27.
6. Quando realmente amo a Jesus e manifesto o meu amor mediante a prática da verdade: "Todos quantos entram na nova vida, devem compreender anteriormente a seu batismo, que o Senhor requer afeições não divididas... A prática da verdade é essencial. A produção de frutos testifica do caráter da árvore... Há necessidade de uma inteira conversão à verdade." Evangelismo, 308. A fé ou confiança salvadora envolve o coração. Veja Atos 8:37.
7. Quando tiver saído do mundo, estou separado das coisas imundas e dou evidências de que não sigo os costumes , as modas e os sentimentos do mundo: "A prova de discipulado não se aplica tão rigorosamente como se deveria àqueles que se apresentam para o batismo. Deve saber-se se os que professam estar convertidos estão simplesmente adaptando o nome de adventistas do sétimo dia, ou se estão tomando a sua posição do lado do Senhor para sair do mundo e separar-se e não tocar em coisa imunda. Quando dão evidências de que entendem plenamente a sua posição, hão-de ser aceites. Mas quando revelam estar seguindo os costumes e modas e sentimentos do mundo, deve-se tratá-los com firmeza."
"Devemos separar-nos do mundo e negar-nos a tocar aquelas coisas que desviarão os nossos sentimentos de Deus... Se vos exorta a que não toqueis no imundo, pois ao tocá-lo ficareis imundos. É impossível que vos unais com os que são corruptos, e permaneçais puros... Deus e Cristo e a hoste celestial querem que o homem saiba que unindo-se com o corrupto, também se tornará corrupto." veja 2 Coríntios 6:17 - 7:1.
8. Quando estou vivendo uma vida de perfeita obediência à lei de Deus: Mais cuidadoso preparo dos que se apresentam candidatos ao batismo, é o que se faz mister. Têm necessidade de mais conscienciosa instrução do que em geral recebem. Os princípios da vida cristã devem ser claramente explicados aos recém-convertidos...É pela nossa conformidade com a vontade divina em nossas palavras, atos e caráter, que provamos nossa comunhão com Ele. Quando quer que alguém renuncie o pecado, que é a transgressão da lei, sua vida é posta em harmonia com essa lei, caracterizando-se por perfeita obediência à mesma. Esta é a obra do Espírito Santo." Testemunhos Selectos, volume 2, 389-390.
9. Se sou uma criança, quando eu haja calculado o custo, e o primeiro propósito da minha vida é viver para Deus: "O batismo é um rito muito importante e sagrado, e importa compreender bem o seu sentido. Simboliza arrependimento do pecado e começo de uma vida nova em Cristo Jesus. Não deve haver nenhuma precipitação na administração desse rito. Pais e filhos devem avaliar os compromissos que por ele assumem... Antes de os fazer batizar, perguntai-lhes se o principal propósito de sua vida é servir a Deus. Ensinai-lhes então como devem começar... Depois de feito quanto em vós cabe, e eles revelarem ter compreendido o que significam a conversão e o batismo, e estarem verdadeiramente convertidos, deixai que se batizem." Ibid., 391-392.
10. Quando me tiver afastado de todo o mau hábito: "Os batizandos adultos devem compreender melhor do que os de menor idade os seus deveres... pela renúncia de maus costumes, mexericos, ciúmes e desobediência. Uma luta tem de ser travada contra cada mau traço de caráter." Ibid., 392-393.
11. Quando tivermos "frutos dignos de arrependimento." Mateus 3:8. "A vida deve testificar da mudança de dirigente." Evangelismo,319.
12. Quando estou seguindo os conselhos de Deus sobre a reforma do vestuário: "Um ponto sobre o qual cumpre instruir os que abraçam a fé é o vestuário - assunto que deve ser cuidadosamente considerado da parte dos recém-conversos. Revelam vaidade no tocante à roupa? Acariciam o orgulho de coração? A idolatria praticada em matéria de vestuário é enfermidade moral; não deve ser introduzida na nova vida. Na maioria dos casos a submissão às reivindicações do evangelho requer uma mudança decisiva em matéria de vestuário." Testemunhos Selectos, volume 2, 393.
13. Quando guardo o Sábado: "Ao escutar a mensagem da verdade, os homens e as mulheres são conduzidos a aceitar o sábado e a unir-se com a igreja mediante o batismo. Devem levar consigo o selo de Deus ao observar o sábado da criação. Devem saber por si mesmos que a obediência aos mandamentos de Deus significa a vida eterna." Testimonies, volume 8, 196. "Se desviares o teu pé do sábado, de fazer a tua vontade no meu santo dia, e se chamares ao meu sábado deleitoso, e santo dia do Senhor digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falar as tuas próprias palavras, então te deleitarás no Senhor, e te farei cavalgar sobre as alturas da terra, e te sustentarei com a herança de teu pai Jacó, porque a boca do Senhor o disse." Isaías 58:13-14.
14. Quando estou preparado para cumprir com as obrigações de ser um membro de igreja - uma parte do corpo de Cristo: "Aqueles que se submetem ao rito solene do batismo, comprometem-se, diante do universo celestial, a abandonar o mundo. Eles tomam a sua posição debaixo da bandeira ensanguentada do Príncipe Emanuel, para ser colaboradores juntamente com Deus, e como tal dar a conhecer a sua vontade àqueles que perecem no pecado. Devem pesquisar as Escrituras diligentemente, sentindo que é de extrema importância para eles mesmos compreender o que o Senhor tem dito."Australian Union Record, 15 de Setembro de 1902; veja 1 Coríntios 12:13. Repare que a pessoa que foi batizada deve "dar a conhecer o seu desejo àqueles que perecem em pecado." Semelhante testemunho não pode ser levado a menos que a vontade de Deus seja conhecida pelo candidato ao batismo, e isto implica aprender os mandamentos de Deus e ter a fé de Jesus. Veja Apocalipse 14;12.
O que acontece se não tenho sido fiel aos meus votos batismais? O que devo fazer? Aqui está o conselho inspirado: "Quando nos submetemos ao rito solene do batismo, testificamos diante dos anjos e dos homens que estamos limpos dos nossos velhos pecados, e que de agora em diante, havendo morto para o mundo, buscaremos 'as coisas de cima onde está Cristo sentado à destra de Deus'... Recordemos sempre que é nosso alto privilégio ser limpos dos nossos velhos pecados...
"Talvez nem todos tenham cumprido os seus votos batismais; não obstante, permita todo aquele que erra, fazer tudo o que está ao seu alcance para redimir o passado, voltando-se da senda que o levou pelo mau caminho, para a senda da humildade e obediência. Você, meu irmão, minha irmã, devem ganhar o céu, e uma vida que se possa regular pela vida de Deus. Você não sabe quão rápido a sua própria vida lhe será tirada. Tem buscado a melhor vida? Rogo-lhe que assegure a salvação, enquanto você tem oportunidade." Review and Herald, 26 de Maio de 1904.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seguidores

Siga-me por Email

  ©BLOG DO PAULO - Todos os direitos reservados.

Template by Vidas Digitais | Topo