terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Coração com Gelo

Derreteu! Mas o que foi capaz de desfazer todo aquele gelo?


O coração de Ana estava completamente livre outra vez, há anos vivia preso em uma capa medonha de gelo. O que aconteceu com Ana? Quem construiu aquele gelo? 

Quando eu descobri fiquei perplexa. O PASSADO! O passado dela havia construído essa ‘proteção’ para seu coração.

 
Ó Deus! Pobre Ana.

O que de tão estrondoso fizeram a ela?

Ana era uma garota meiga, simpática, amava sorrir. Fazer amizades era um dom! Com tanta sociabilidade assim, por que Ana se esfriou? O que de tão feio tinha em seu passado que a fez ser rude, grosseira e amarga? Mal olhava para outras pessoas...

Um defeito. Ana tinha um defeito que, para meninas, é perigoso. Ela se apaixonava! Com facilidade entregava seu coração ao primeiro que lhe dava flores. Com o tempo, não só as flores, mas também o coração dela murchavam.

Comentários se espalhavam por toda parte. Diziam que os garotos brincavam com seus sentimentos uma, duas, três... Inúmeras vezes. Quanta injustiça! Ela só queria ser feliz, ter alguém para compartilhar sua vida, ter alguém para ligar apenas para ouvir a voz, ter um destinatário para suas cartas...

Ela preferiu se proteger. Para evitar os espinhos embrulhou seu coração com gelo. Não queria mais uma companhia, abandonou os amigos e preferiu a solidão. Seus únicos companheiros eram seus livros, deles ela não abria mão.

Será que aqueles olhos brilhantes não mereciam um admirador? E aquele belo sorriso, será que não merecia alguém para ser compartilhado? Sua doce voz precisava de um coração que a recebesse.

Numa tarde escura algo brilhou!

Desde aquela tarde, aquela linda tarde, inesquecível tarde, Ana nunca mais foi a mesma. E eu repito: DERRETEU. O gelo que havia em seu coração derreteu naquela tarde. Seu coração foi aquecido por um amor sublime e pleno, o único capaz de restaurar verdadeiramente: o amor de Deus!

Ah Ana! Quão bom é vê-la sorrir novamente!

Esse amor não só aqueceu, mas protegeu o coração de Ana. Ela agora só pensa nesse amor e por conseqüência esse amor é exalado através de sua vida, com isso, mais e mais pessoas estão sendo aquecidas.

E o passado de Ana? A qualquer momento ele pode provocar a frieza novamente, o que fazer se isso acontecer? Não. O passado de Ana é apenas passado. Ele não influencia nas suas decisões do presente. Ela sabe que ele faz parte da sua história, porém hoje ela é uma nova criatura. O que passou, passou!
Dedico esse texto para todas as "Anas" que encaparam seus corações devido às decepções passadas. E peço que deixem o amor de Deus derreter todo o gelo que existe em seus corações!
 
“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.”
(2 Coríntios 5:17)
Que Deus te abençoe e aqueça seu coração!

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seguidores

Siga-me por Email

  ©BLOG DO PAULO - Todos os direitos reservados.

Template by Vidas Digitais | Topo