sábado, 15 de setembro de 2012

Quem sou eu quando ninguém me vê?


Algumas vezes a mesma tentação aparece quando alguém passa a noite em um hotel. De vez em quando, um pensamento vem à mente:  “Por que não assistir um desses canais eróticos de TV a cabo? Quem vai saber disso?”
Nesses dois exemplos, e em inúmeros outros, é útil fazer a si mesmo a seguinte pergunta: “Quem sou eu quando não há alguém que me veja? Sou coerente, ou comporto-me de maneira diferente? Será que de domingo à sexta sou a mesma pessoa do sábado? Serei irrepreensível e santo quando encontrar o Senhor?” (Gary Smalley e John Trent, da obra A Dad’s Blessing)
Caro internauta reflita: você age de maneira diferente, quando não há alguém que o contemple? A sua consciência está limpa? Se não estiver, confesse cada um dos pecados a Deus e peça a Ele perdão e ajuda para ter uma vida íntegra. Ele perdoa e transforma!

por Amilton Menezes (Rádio Novo Tempo)

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Seguidores

Siga-me por Email

  ©BLOG DO PAULO - Todos os direitos reservados.

Template by Vidas Digitais | Topo